segunda-feira, setembro 1

Planejando para colher todos os dias. Café, almoço e janta sendo colhidos todos os dias na pequena propriedade rural

Antônio Roberto Mendes Pereira

A necessidade de comer 03 refeições durante o dia faz parte da nossa cultura, mas nem sempre produzimos estes alimentos, temos normalmente que complementar estas refeições com alimentos comprados, vindo de fora da propriedade rural. A intenção da Permacultura na zona 01 e 02 é poder ter durante todos os dias do ano alimentos que possam atender a esta demanda ininterruptamente, atender a autossuficiência alimentar. O que devo plantar vai depender dos hábitos alimentares da família e de alguns fatores ambientais ligados ao clima, solo, disponibilidade de água, etc.. A disponibilidade desses alimentos também está diretamente ligada ao tamanho da família, logo se exige um planejamento, uma projeção do que se quer e o que o ambiente pode oferecer.

A intenção deste texto é trazer dicas e estratégias que possam ajudar na construção deste planejamento produtivo, tendo como orientação “O poder colher todos os dias” ininterruptamente alimentos limpos e sadios. Será mesmo isso possível? Se for possível o que fazer para ter esta fartura garantida permanentemente? Como fazer para ter sempre?

O PRIMEIRO PASSO PARA ALCANÇAR ESTE CAMINHO

Vamos primeiro suprir a necessidade de ter mais informações sobre as culturas e os animais que vão compor o ambiente da zona 01 e 02 que são justamente as áreas dedicadas à segurança alimentar da família. Estas duas zonas deverão ser encarregadas de suprir estas colheitas diárias, pelo menos 03 vezes ao dia. O conhecimento de tempo, necessidades de luz, de água e de nutrientes, irá ser a base para a projeção deste calendário de plantio. Seria interessante fazer a assembléia das plantas e dos animais que poderão fazer parte do ambiente cultivado como uma colheita de informações para a tomada de decisões no planejamento. Vejamos um exemplo:

Assembléia dos elementos de uma propriedade é a tentativa de entender como criar relações entre os elementos que irão fazer parte do agroecossistema que se está tentando edificar. Identificar as necessidades destes elementos em questão, as funções que estes elementos irão desempenhar dentro do sistema e qual as produções esperadas por estes elementos é o que a assembléia de elementos tenta levantar e analisar através de relações premeditadas, isto é no papel do planejamento.

Identificar a necessidade do elemento que se está querendo introduzir no sistema deve fazer parte do planejamento, não esquecendo também de identificar qual a função que este elemento pode executar dentro do sistema e qual a sua produção prevista. Para entender esta lógica podemos apresentar o exemplo de um pé de alface como exemplo da aplicação desta lógica técnica de planejamento produtivo:

Para que a ALFACE possa se comportar naturalmente é necessário:


CARACTERÍSTICAS –                             Planta de pequeno porte
                                                            Exigente em temperatura adequada
                                                            Solo fofo e rico em matéria orgânica
                                                            Não tolera vento

NECESSIDADES –                                   Textura do solo areno-argiloso
                                                            Água de boa qualidade e em quantidade suficiente
                                                            CO² para realizar fotossíntese
                                                            Minerais os mais variados e disponíveis
                                                            Luz solar
                                                            PH entre 6,0 e 6,5
                                                            Solo úmido quase todo dia
                                                            Espaço suficiente para crescer e não estiolar
                                                            Boa bioestrutura

FUNÇÕES:                                            Alimentar seres humanos, animais e insetos polinizadores
                                                           Diversificar o ambiente
                                                           Captar energia para fotossíntese, liberando 0²
                                                           Captura de carbono
                                                           Embelezamento
                                                           Armazenar minerais e vitaminas

PRODUÇÃO:                                        Folhas comestíveis
                                                          Princípios ativos medicamentosos
                                                          Sementes
                                                          Matéria orgânica para compostagem


Precisamos saber o tempo que cada cultivo leva para proporcionar que seus produtos possam ser colhidos. E cada cultura tem seu tempo a depender também do clima de cada região. Estes dados nos ajudam a planejar o plantio para não faltar. Entre uma semeadura e outra se precisa atender a longevidade da planta e seu período de oferecer seus produtos prontos para serem colhidos.

Outros dados que precisamos saber é qual o espaço necessário para atender o crescimento das culturas. Identificar a quantidade de luz, para que a fotossíntese não pare de acontecer durante todos os momentos de presença de luz. Não podemos esquecer que 35% de sombra é um bom percentual para que as culturas possam se desenvolver naturalmente.

Seria ótimo se toda casa na zona rural ou urbana pudesse produzir parte de seu alimento de forma constante. Observe a imagem abaixo e imagine seu bairro ou comunidade rural dessa maneira. Com certeza a ida ao supermercado ou feira seria mais espaçada.



A garantia do atendimento da demanda de água é muito importante, pois todas as culturas bebem água todo o dia. Sem este liquido fica difícil a absorção dos minerais pelas raízes das plantas. A presença de água no solo facilita a formação de uma solução (mistura de água mais os minerais) que irá atender a demanda das plantas. Para melhorar o entendimento um pé de alface consome em média do dia que foi semeado até a colheita mais ou menos 12 litros de água no nordeste do Brasil. Faça agora uma comparação com outras plantas levando em conta o tamanho das demais quando comparado com um pé de alface. Lembre-se este dado é apenas um indicador aproximado de consumo, pois tudo depende do clima do manejo dado às plantas entre outros. 

Todas estas informações sobre a água é para não ocorrer surpresas de falta ou excesso durante o cultivo. A falta ou o excesso podem prejudicar todo o sistema que está sendo montado para se ter de forma quase que permanentes alimentos diários.

Todos os cálculos devem levar em conta a demanda da família em alimentos. Evite não fazer estes cálculos eles são a base para a projeção permanente.

As relações entre os elementos é outro grande segredo para ter sempre colheitas fartas e permanentes. As conexões facilitam este ter sempre. Encontrar ou identificar o que pode está junto ao mesmo tempo, ou como se diz no popular “Junto e misturado” ocupando o mesmo espaço, água, adubo e luz são estratégias fantásticas que enriquecem o planejamento. 

Outro recurso que pode ser utilizado é o de empilhamento de plantas e de tempo que nada mais é que uma das ferramentas ou estratégias para diminuir o uso do espaço e ter mais elementos neste mesmo espaço durante o mesmo uso do tempo.



Este planejamento não deve acontecer apenas na zona 01, mas também na zona 02 que é também zona de segurança alimentar para a família. Logo o pomar também deve passar por um planejamento de escolha das espécies, dos espaço disponivel e dos demais componentes produtivos que fazem parte de todo ciclo produtivo de cada espécie escolhida, além do consumo da família nestes alimentos.

Alguns indicadores técnicos quantitativos estão disponibilizados na tabela abaixo para facilitar os cálculos e projeções do tamanho da área necessária para a produção de algumas especies cultivadas pela maioria dos agricultores da nossa região e que fazem parte de seu cardápio diário.


O escalonamento das plantas deve tentar seguir a lógica natural por exemplo que as bananeiras utilizam para que não falte bananas. De tempo em tempos o pé de bananeira emite um novo perfilhamento que irá futuramente assumir a produção do cacho seguinte, após a colheita do mais maduro. Logo a lógica a ser seguida no planejamento da área é ter da mesma espécie várias plantas porém de tamanhos diferenciados garantindo desta forma que não venha faltar produção. Cabe a você descobrir qual o período de tempo que irá precisar seguir entre um plantio de uma mesma cultura para que não quebre a lógica da produção sequenciada ou escalonada.

A observação e o registro são necessários para a construção deste escalonamento ou sequencia produtiva. Se a família consome um pé de alface toda semana, ela irá precisar ter toda semana mudas de alface no tamanho ideal para ser transplantada toda semana. Um pé de tomate que passa alguns meses produzindo tomates não irá necessitar ser plantado toda semana. Se minha família consome 2 kg de macaxeira toda semana irei precisar plantar anualmente 52 covas de macaxeira, pois na minha região uma cova de macaxeira chega produzir entre 2 kg a 3 kg. Logo, se minha família consome 2 kg e um ano tem 52 semanas irei precisar plantar 52 covas de macaxeira que irá produzir em média 104 kg. Porém nunca de uma única vez, seria prudente e lógico para que toda esta produção não aconteça de uma única vez escalonar a mesma plantando a cada 4 meses 20 covas de macaxeira que vão atender a demanda dos 2 kg semanal, permitindo ainda um percentual de sobra para qualquer inconvenientes, pois necessito de 52 covas e não de 60. 


Como percebemos não é difícil e nem impossível ter seu supermercado natural garantindo toda ou uma boa parte da alimentação da família. É necessário inicialmente um pouco de esforço, mas depois que encontrar os primeiros números de quantidade de tempo entre um plantio e outro e o tamanho das áreas necessárias você terá um calendário adequado a realidade do seu clima, da sua área e da demanda de consumo da sua família. Não permita não ter e nem deixe que falte, planeje-se.


Um comentário:

Obrigado por comentar! Convide seus amigos para participarem também.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Thanks for commenting! Invite your friends to join too.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...