sexta-feira, dezembro 2

O sol e as instalações rurais - A posição relativa na busca da eficiência e do conforto térmico

Antônio Roberto Mendes Pereira 

Como sabemos o sol é o astro da energia, é o maior gerador do universo até agora conhecido. Ele fornece sua energia a toda natureza, os ecossistemas recebem toda esta energia através da luz e do calor. Parte dela é aproveitada pelas plantas para executar a grande tarefa da fotossíntese, processo de transformação de energia luminosa em energia química (alimento). Outra parte desta energia é dissipada nos ecossistemas, isto é, perdida. 


Precisamos entender que a natureza sabe aproveitar ao máximo esta energia disponibilizada pelo sol, como também sabe se proteger desta mesma energia, o equilíbrio entre o desfrutar e o dissipar a natureza sabe fazer muito bem. Mas, nós seres humanos perdemos a noção de uso desta energia e em muitos casos não aproveitamos nada, em outros aproveitamos muito pouco e em outros facilitamos para que o sol ao invés de nos ajudar nos prejudique. 

Muitas pessoas independentemente de onde moram (zona rural ou urbana) localizam equipamentos, instalações e plantios de forma que o sol prejudica a quem destes equipamentos, plantas ou construções se beneficiam. Muitas situações como excesso de calor, excesso de claridade, facilitam a destruição de vários equipamentos devido a exposição direta dos raios do sol. 

Este texto vai tentar alertar para a importância da localização relativa destes equipamentos, construções e plantas para que possa acontecer uma eficiência baseada nas necessidades reais destes elementos. 

Sabemos que o sol pode nos ajudar muito em várias atividades do nosso cotidiano como, por exemplo: 

· Clarear 
· Aquecer 
· Esquentar 
· Cozinhar 
· Bronzear 
· Desidratar 
· Evaporar 
· Queimar 

Além destas atividades, ele ainda desempenha funções importantíssimas para todo o planeta: 

· Cede energia para a realização da fotossíntese das plantas; 
· Provoca as estações do ano através do movimento translação e da posição relativas terra/sol; 
· Provoca o surgimento dos dias e das noites no planeta; 
· Contribui no movimento das marés; 
· O calendário surgiu a partir do entendimento da sua localização; 
· Fabrica o vento através do movimento das massas de ar. 



LOCALIZAÇÃO MAL LOCALIZADA 

Vejamos agora situações cotidianas onde a localização do equipamento ou da construção do espaço pode ser prejudicada por esta exposição direta ao sol, as imagens nos facilitam tirar determinadas conclusões: 

Em muitas casas no nordeste do Brasil, as caixas de água estão localizadas em cima dos telhados das casas e exposta diretamente aos raios solares intensos. 

Porque estas caixas de água estão expostas ao sol aqui no nordeste? Temos um clima muito quente, logo quase toda a massa de água irá ficar aquecida, onde se precisa de água fria. Esta exposição direta ao sol diminuirá a vida útil destas caixas de água. Se ela está no alto tem como objetivo ganhar pressão, mas não precisa ficar exposta. Se o clima é temperado pode-se até entender a exposição, mas estamos no nordeste do Brasil. 

Uma boa recomendação é proteger esta caixa de água: do sol, e das demais intempéries. 


Muitas casas quando vão ser construídas parece que não tiveram a mínima preocupação em verificar a posição do sol em relação também a distribuição dos compartimentos da casa. Em muitos casos no nordeste do Brasil, onde as temperaturas diárias são normalmente altas, os quartos de muitas casas estão localizados para receber todo o sol da tarde, esquentando a parede e elevando a temperatura interna do quarto, criando necessidades de baixar esta temperatura com o uso de condicionadores ou com ventiladores, onerando os custos da família com energia elétrica. O que fazer para escapar deste aquecimento? 


Paredes dos quartos recebendo sol durante toda a parte da tarde, contribuindo para o aquecimento interno.

A localização relativa dos elementos é um principio do Design na Permacultura que precisa ser levado a sério, pois uma localização errada de um elemento fixo pode gerar despesas altíssimas e permanentes de manutenção do mesmo. Ao planejar para construir incorpore esta preocupação de observar onde quero o sol, onde ele precisa entrar, onde ele precisa aquecer. 

A construção da casa muito próxima a um lago pode elevar a temperatura interna da casa enormemente a depender da posição que se encontra a casa em relação ao sol, ao lago. Todo corpo que reflita ou absorva calor (lagos, edificações) pode influenciar no aumento da temperatura de outros elementos que estão a sua volta. Quanto mais radiação mais se aumenta a temperatura. O reflexo do sol na água direcionado para a casa aumenta a temperatura do ambiente. 


A Permacultura também trabalha com um detalhe do principio de design que é o ASPECTO. Aspecto é a direção para qual a inclinação do terreno ou do elemento está voltada, é definida como o aspecto do terreno: os pontos cardeais (norte, sul, leste, oeste). Esse fator conjuntamente com a inclinação e a latitude do local, determina a quantidade de irradiação solar direta que o terreno ou o elemento irá receber. 

Quando este detalhe é entendido e levado em consideração no planejamento da localização dos elementos ajuda muito no uso racional da energia solar, ora para nos ajudar a fazer determinada atividade, ora para diminuir sua incidência, em outros locais não permitindo sua entrada sem os devidos controles. 

Um plantio de uma determinada cultura em um ASPECTO errado influencia diretamente nos resultados de desempenho produtivo desta cultura. 


A imagem da direita acima, um lado desta planta (leste) esta exposta ao sol à outra não (oeste), porém os outros dois lados (norte e sul) estão recebendo sol, porém em bem menor quantidade ou incidência, logo a umidade destes lados serão maiores e de menos evaporação. 

Uma boa comparação para podermos entender o que é aspecto: uma pessoa quer se bronzear na praia, normalmente ela vai expor seu corpo ao lado de maior insolação, este lado pode ser se for pela manhã, o lado leste (no hemisfério norte), e na parte da tarde o oeste, logo os lados do corpo que irão ficar bronzeados serão o da parte da frente e o de atrás, os lados do corpo receberão sol, porém em menor incidência direta, devido a posição do sol. 


Agora faça uma comparação em um plantio, alguns cultivos foram plantados no aspecto leste e oeste (lados de maior incidência direta do sol) logo o ressecamento destes lados vão ser bem maior, já os aspectos norte e sul levarão menos incidência do sol, logo, a umidade destes lados serão maior, pois a incidência do sol é indireta, aquecendo menos o solo, contribuindo para a maior permanência da umidade deste lado ou ASPECTO. 

Outro exemplo para melhorar a compreensão, uma doença de plantas pode se desenvolver em uma parte de um vale e não se desenvolver no restante, devido ao microclima. Se a encosta de uma colina voltada para o leste recebe mais luz do sol que a encosta voltada para o norte, é de esperar que a encosta voltada para o leste seja mais quente. Esses climas em escala reduzida são chamados de microclimas. É bom lembrar que a ocorrência de epidemias no campo não é regra geral. A principal dificuldade para ocorrerem epidemias é a influência do clima. Logo, ao conhecermos bem o efeito do clima (incidência do sol e da umidade), podemos tirar algum proveito para o manejo dessas doenças. 

ONDE LOCALIZAR O DEPÓSITO DA LENHA? 

Uma das intenções do pós colheita da lenha, é fazer com que a mesma perca sua umidade permanecendo neste estágio até a necessidade de seu uso, assim é importante a localização onde vai se armazenar esta lenha para que esta perca a umidade facilitando e aumenta a eficiência do seu uso. Quem vai ajudar esta lenha a perder umidade é o sol, logo, quanto mais exposta ao sol esta lenha estiver mais esta intenção irá acontecer. Mas, na verdade esta exposição deveria acontecer não de forma direta, pois quando exposta diretamente ao relento, corre-se o risco de acontecer outras intempéries contribuindo para que esta lenha venha ficar novamente úmida, devido a chuvas inesperadas, sereno, brisas frias vindas do lado sul. 

Em muitas propriedades normalmente percebo que esta lenha quando acumulada externamente ou internamente nas casas, estão sempre mal localizadas. Quando fora estão na maioria das vezes armazenadas encostada em uma das paredes da casa, ou no leste ou oeste, recebendo como frisado anteriormente somente meio dia de sol. E quando estão dentro de casa na sua maioria está sempre encostado nas paredes mais frias da cozinha. O não uso das energias que temos a disposição (solar) ou até a do fogão (calor emanado do mesmo) é um desperdício que poderia facilmente ser corrigido. A localização do fogão em relação a parede que leva sol também contribui muito para aumentar a eficiência do fogão. 




ONDE LOCALIZAR O GALINHEIRO OU AVIÁRIO? 

Proteger os animais das intempéries é uma das funções das instalações. As proteções podem ser das mais variadas, contra roubo, contra ataques de predadores, proteção contra a exagerada exposição solar, proteção das chuvas, dos ventos frios, etc. 

Como percebemos uma instalação é de grande necessidade para se ter proteções e determinados controles reprodutivos e de acompanhamento dos resultados gerenciais. Logo, sua localização pode ajudar muito na eficiência dos resultados produtivos da atividade desenvolvida. Uma instalação mal posicionada pode contribuir para que os animais adoeçam com mais facilidade. 

Os raios do sol da mesma forma que pode ser bom podem também em determinadas circunstâncias contribuir para o insucesso da atividade. Vejamos alguns casos, onde os raios do sol são bem vindos e onde estes raios podem trazer problemas. Estes alertas estão diretamente relacionados ao nordeste do Brasil. Podendo variar de latitude e longitude em outras regiões e ou países. 

No nordeste do Brasil onde a quantidade de luz solar é intensa, um galpão tendo seu eixo longitudinal construído na orientação norte/sul é problema na certa, pois os raios do sol irão entrar pela manhã (do lado leste) em um dos lados do galpão aquecendo o ambiente e consequentemente os bebedouros e comedouros que estiverem localizados neste espaço. E todo este processo irá ser repetido na parte da tarde. As aves já têm corpo quente imagine agora recebendo esta grande quantidade de calor, além de ter água quente e ração, com certeza vai ter problemas com a saúde destes animais. Problemas com diarreia entre outros. 

A direção do eixo maior do aviário deve ser leste/oeste conforme figura a baixo: 





Nas Construções de estábulos a lógica técnica a ser seguida deve ser a mesma que orienta os galpões para criações de aves, suínos, etc., porém é bom também se guiar pelas necessidades térmicas dos animais, por exemplo, no caso dos caprinos a exigência por sol é bem maior que algumas outras espécies. 


AUMENTANDO A EFICIÊNCIA DOS EQUIPAMENTOS SOLARES 

Todos os equipamentos solares trabalham com a energia do sol como já se sabe, porém a localização e sua posição em relação ao sol podem aumentar sua eficiência. Não basta estar exposto ao sol, é preciso mais conhecimento para tirar os proveitos desta grande fonte de energia. 

A energia recebida pelos equipamentos pode melhor ser aproveitada apenas procurando localizá-los de uma forma que os raios solares possam chegar até eles a maior parte do dia. No nordeste do Brasil a melhor localização é em uma área desprovida de sombras, onde o equipamento possa receber os primeiros raios de sol o mais cedo possível, e continue recebendo este até ao entardecer, podendo captar e armazenar e transformar energia calórica em outros tipos de energia. Qualquer descontinuidade deste recebimento de raios pode influenciar na perda de eficiência do equipamento. 

Porém se existir árvores ou qualquer outra estrutura que venha atrapalhar este recebimento do sol é necessário utilizar a seguinte lógica técnica: 

O equipamento deverá ser direcionado na posição norte/sul esta direção contribui para que o aparelho receba sol o dia inteiro, porém não diretamente, pois na direção leste/oeste o aparelho receberá raios diretos mais somente uma parte do dia, porque tem uma superfície menor exposta ao sol durante seu trajeto no céu. 


Além disso, a inclinação do equipamento em relação ao sol pode contribuir enormemente para uma alta eficiência do mesmo. Os raios solares são distribuídos conforme a posição da terra em relação ao sol, todavia nem sempre a inclinação do sol durante o dia é a mesma. Normalmente pela manhã os raios do sol estão em uma inclinação, de meio dia está a pino e na parte da tarde ao contrário da posição da manhã. Para melhor aproveitar esta energia é necessário conhecer estes ângulos da inclinação para que em todos os momentos possamos captar ao máximo desta energia renovável e gratuita. 


A inclinação é dada ao equipamento seguindo esta técnica: Procure a longitude do local e a este número acrescente mais 10 graus. Exemplo: 

A longitude de Caruaru- PE é de 35 graus, logo acrescentamos mais 10 graus = 45 graus será a inclinação que os equipamentos precisão estar. 


A luz solar toma o percurso mais curto através da atmosfera, quando a posição do Sol é perpendicular à superfície da Terra. Se o ângulo de incidência solar é mais baixo, o percurso através da atmosfera é mais longo. Nesta segunda posição, leva a uma maior absorção e difusão da radiação solar, o que implica uma menor irradiância. 

É bom sempre proteger os equipamentos do vento direto e intenso, pois esta exposição também contribui para o esfriamento da energia calorífica armazenada pelos equipamentos solares. 


Lembre-se ao pretender construir ou até mesmo implantar tecnologias que utilizam a energia do sol, estejam atentos para localizar da melhor forma possível os equipamentos e a escolha ideal de distribuição dos cômodos que vão ser construídos, com o objetivo de minimizar as perdas de utilização desta energia além de poder utilizar ao máximo a eficiência desta dádiva da natureza. 

01 de dezembro de 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar! Convide seus amigos para participarem também.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Thanks for commenting! Invite your friends to join too.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...